Obrigada!!!

A alguns dias, tenho pensado muito no que Pai do Céu prepara para mim o ano que vem. Tenho duvidas, escuto coisas que me magaom, lembro de palavras que doem demais dentro do coração e situações que lembro que me fazem rir e ao mesmo tempo chorar.

Chorar de saudades, de desilusão, de emoções guardadas no meu coraçõa que jamais serão esquecidas, mas como dizem e como eu mesmo falo ” Pai do Céu não dá mais areinha que o nosso caminhão pode carregar, as vezes ele aumenta o peso e em outras ele tira o  excesso, mas não nos deixa sozinho, é que as vezes Ele testa a nossa Fé”.

Mas hoje aconteceu algo que eu não esperava. Estava eu meio triste,  de mau-humor, calada e quieta, quando uma amiga me deu um presente. UM BAITA ( não era bem essa expressão que gostari de usar, mas…) que me fez chorar (apesar de ter controlado na hora agora as lágrimas caem). Percebi que por mais um vez, quando penso estar assim “sozinha”, quietinha conversando com Pai do Ceu e questionando à Ele o porquê, Ele na sua infinita sabedoria me mostra que não estou só e me envia seus anjos para me orientar e ajudar a passar e resolver aos meus grandes problemas.

Nao tive palavras para agradecer naquele momento, somente fiz aquilo que meu coração mandava, abracei e agradeci. E mais vez venho aqui dizer OBRIGADAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA mesmo, você não sabe o enorme bem que me fez! Alivio o meu tão apertado coração.

Beijos e espero que voces tenham tão bons AMIGAS e AMIGOS  como os meus, são poucos mas que valem muito!

Beijos

Nica

valorizar a vida

Que eu me permita olhar e escutar e sonhar mais. Falar menos. Chorar menos. Ver nos olhos de quem me vê a admiração que eles me têm e não a inveja que, prepotentemente, penso que têm. Escutar com meus ouvidos atentos e minha boca estática, as palavras que se fazem gestos e os gestos que se fazem palavras. Permitir sempre escutar aquilo que eu não tenho me permitido escutar. Saber realizar os sonhos que nascem em mim e por mim e comigo morrem por eu não os saber sonhos. Então, que eu possa viver os sonhos possíveis e os impossíveis; aqueles que morrem e ressuscitam a cada novo fruto, a cada nova flor, a cada novo calor, a cada nova geada, a cada novo dia. Que eu possa sonhar o ar, sonhar o mar, sonhar o amar, sonhar o amalgamar. Que eu me permita o silêncio das formas, dos movimentos, do impossível, da imensidão de toda profundeza. Que eu possa substituir minhas palavras pelo toque, pelo sentir, pelo compreender, pelo segredo das coisas mais raras, pela oração mental (aquela que a alma cria e que só ela, alma, ouve e só ela, alma, responde). Que eu saiba dimensionar o calor, experimentar a forma, vislumbrar as curvas, desenhar as retas, e aprender o sabor da exuberância que se mostra nas pequenas manifestações da vida. Que eu saiba reproduzir na alma a imagem que entra pelos meus olhos fazendo-me parte suprema da natureza, criando-me e recriando-me a cada instante. Que eu possa chorar menos de tristeza e mais de contentamentos. Que meu choro não seja em vão, que em vão não sejam minhas dúvidas. Que eu saiba perder meus caminhos mas saiba recuperar meus destinos com dignidade. Que eu não tenha medo de nada, principalmente de mim mesmo. Que eu não tenha medo de meus medos! Que eu adormeça toda vez que for derramar lágrimas inúteis, e desperte com o coração cheio de esperanças. Que eu faça de mim um homem sereno dentro de minha própria turbulência, sábio dentro de meus limites pequenos e inexatos, humilde diante de minhas grandezas tolas e ingênuas (que eu me mostre o quanto são pequenas minhas grandezas e o quanto é valiosa minha pequenez). Que eu me permita ser mãe, ser pai, e, se for preciso, ser órfão. Permita-me eu ensinar o pouco que sei e aprender o muito que não sei, traduzir o que os mestres ensinaram e compreender a alegria com que os simples traduzem suas experiências; respeitar incondicionalmente o ser; o ser por si só, por mais nada que possa ter além de sua essência, auxiliar a solidão de quem chegou, render-me ao motivo de quem partiu e aceitar a saudade de quem ficou. Que eu possa amar e ser amado. Que eu possa amar mesmo sem ser amado, fazer gentilezas quando recebo carinhos; fazer carinhos mesmo quando não recebo gentilezas. Que eu jamais fique só, mesmo quando eu me queira só. Amém.”
Oswaldo Antônio Begiato.

 Esta semana fiz um minicurso na USJT, que por mais uma vez, fez com que eu refletisse um poco mais na vida. Algumas amigas me chamam de filosofa, ja ri pois nao sei se isso é um elogio ou não, mas continuo a viver. Voltando ao curso, foi otimo aprender algo novo, diferenciado e descobrir que eu posso fazer a difernça na vida de alguem e esta oração ai em cima fez-me compreender isso.

O mais engraçado é que nao a vejo como uma simples oração , a vejo mais como um clamor   para as dificuldades que encontramos e nao percebemos que tem uma “ser” que não nos abandona, ele so nos ensina de uma maneira unica e diferenciada.

Obrigada aos professores !

Dani

Será que vou sentir saudades ou tranquilidade?

Ola, fazia um longo tempo que nao passava por aqui, que caos, mas são fatos que contecem na vida e nos deixa sem tempo para realizar pequenos detalhes. Faz exatas duas semanas que voltaram as aulas, tudo bem faltei uma,mas pelo que percebi o discurso de alguns professores foram o mesmo: trablhos,estagios, seminarios, tcc e textos para ler.

Vou terque concordar com uma amiga a Dessa no sentido de se ver livre dos trabalhos ou se realmente vou sentir saudades de uma epoca em que ia praa faculdade nao so paraestudar mas ver os bons amigos que fiz por la, sei tambem que alguns deles provavelmente vou ver pouco após o termino das aulas e outros termeos contatos pela internet,por encontros que poderemos marcar e outras possibilidades que surgirem, mas me questiono será que vou sentir nias saudades dos momentos que tivemos de risadas,brincaderias, apoios para nao desistir ou vou me ver livre de uma serie de trabalhos e trabalhos e mais trabalhos? Sinceridade, acredito que por mais dificil que seja nos trabalhos e estudos damos um jeto de doido e executamos todos eles, mas e se perdemos contato com os amigos como faremos? o sentimento saudades por incrivel que pareça doi, e doi muito. 

É realmente vou ficar pensando seriamente nisso!

beijokas

dani

mostarda ou almofada?

Quando eu falo que é tudo doido na minha vida ninguem acredita, no domingo estava eu na companhia de duas amigas, passeando no shopping para distarir a cabeça, nisso resolvamos comer alguma coisa, la no Mc Doanl’d, estava uma doidera, muito cheio e quase sem lugares para sentarmos. Depois de conseguirmos um lugar para lanchar, um grupo de jovens sentou-se ao nosso lado.

Enquanto eles conversam e nos comiamos, um deles levantou para busacr mostarda, a Tata olhou para a Dê e perguntou voce viu aonde estava a mostarda, eu nao achei? e a Dê respondeu: o que? que alomofada? e uma ficou olhando para a outra sem saber o que responder, pois nehuma das duas sabiam o que tinham falado, resumindo foi só risada.

Muitas vezes temos estes problemas de comunicação e nao conseguimos chegar compreender o outro e isso virta polemicas sérias e ate atritos pessoais e profissionais.  Os problemas no relacionamentos estão ligados diretamente a comunicação e a expressão das pessoas e como nos “vemos” dentro do ambiente em que vivemos, por isso ao não compreender a fala do outro, questione, pois é melhor tirara a duvida do que ficar com duvida.

E voce ja passou por isso? 

Beijos,

Dani

E a sexta-feira 13….

Eita, como se diz la longe a setxa feira 13 é considerada um dia de pressagios, agouros, medos, e mais algumas coisas, mas alguem sabe me dizer o que acontece em uma sexta feira 13 que seja o dia de Santo Antonio? o que podera  acontecer ? sera que ao inves de virar o santo casamenteiro de ponta cabeça, é necessario fazer alguma ooutra coisa?! ou ao colocar a bacia com as letras para saber a inicial do nome do amor de sau vida em agua, devo colocar em vinho?! ai socorro alguem me ajude! risos.

  Nao sei dizer tambem que se devido ter a mistrura de santos e maus agoros, poderá existir algum equilibrio nisso, riso.

bom inté e uma otima sexta feira 13 de Santo Antonio pra voces. 

Aos amigos e amigas,

Hoje vim qui para agradecer, aos meus amigos que estão me ajudando muito a passarpor mais uma fase doida na minha vida. Tenho amigos que passam a mão na miha cabeça e concordam com tudo, tenho aqules que me puxam as orelhas e agradeço por isso, de vez em quando é muito bom ouvir a verdade mesmo que doa, tenho aqueles que são doidos como eu e estão prontos para qualquer doidera, tenho aqueles que mesmo distante estãopresente todos os dias e logico tenho aqueles que é um pouquinho de tudo. enfim agradeço imensamente por tudo o que eles fazem e espero que aqueles que leiam este post tenham amigos como eu.

Beijos e inté

 

Adquirindo novos saberes

Após ter lido um texto que esta no blog do Profº Jarbas, aprendi que os blogs estão  nos apontando novas maneiras para desenvolvermos a aprendizagem e acima de tudo na construção de novos saberes não só para nós professores, mas como tambem para com os alunos. Deixo aqui uma dica de uma  sobre a abordaegem do uso dos blog nas escolas e sendo um otimo estimulo para a leitur e a escrita.

Obrigada professor!

Inté

Dani